HORÓSCOPO NOS JOGOS: mês das librianas

Pode confessar: você é do tipo que compra o jogo pela capa, não é, não? Aqueles jogos com itens bem feitos, com qualidade e bonitos te atraem de uma forma especial. Eles compartilham do charme que você naturalmente já possui. É a tabuleirista que provavelmente não vai querer ficar responsável por escolher o jogo da semana na joga com a galera, nem a que vai decidir qual jogo comprar na promoção. A decisão tardará e nem sempre chegará. Faz parte, mas você não está só.

Querida libriana, este mês a homenagem é para você. Te prometo não te fazer escolher nada! Só vem!

MANUAL DA TABULERISTA LIBRIANA

JOGOS QUE ADORA

Jogos que tenham infinitas possibilidade de pontuação e tudo que fizer será considerado e pontuado (point salad) – escolher uma estratégia única para quê, não é mesmo? Temos infinitas opções nesse formato (o que talvez te gere um leve desconforto), assim como designers que adoram seguir com esse tipo de mecânica, como os queridíssimos Reiner Knizia e Bruno Cathala. Mas a indicação aqui será outra. Recomendo…

Wingspan: da maravilhosa Elizabeth Hargrave. Neste jogo, você será uma apaixonada por pássaros e os colecionará no seu catálogo individual. Feito 100% por mulheres, o jogo tem como principal mecânica o de construir maquininha (engine building) que pode te gerar muitos e muitos pontos durante a partida. No jogo praticamente tudo o que fizer te dará pontos: os pássaros que colecionar, os ovos que tiver, as comidinhas nas cartas e por aí vai. É uma bela de uma salada de pontos sem fim, sem contar que é lindíssimo. Pedida certa para você!

Se tem um tipo de jogo que é a sua cara são os cooperativos. Eita, que belezura! Você adora o momento de conversar e ouvir todos os lados, pensar junto e é ainda perfeita para gerenciar alguma crise caso comece a rolar algum conflito interno. Pensando nisso, te indico fortemente…

Pandemic: é um dos clássicos dos coops. Nele todas nos unimos para combater uma doença que está se espalhando pelo mundo, cada uma com uma personagem com um poder único. O monstrinho é apertado e pode ser bem desafiador (se optar por uma partida de nível mais difícil). E como se não bastasse, ainda é um jogo que tem versões Legacy (que você pode jogar com uma turma e evoluir nas campanhas) e tantas outras variações e temas. Cansou do básico? Vai para outra versão.

Outro tipo de jogo que não pode faltar na sua mesa é o elegante! Sabe aquele jogo que tem capa bonita e inspiradora? Que dá vontade de jogar só pela beleza de tudo? Que tem componentes tão bonitos que o setup fica até mais demorado para ir curtindo cada peça? Esse tipo te jogo cai bem demais contigo que tanto preza harmonia, beleza e elegância. Separei para você um dos que mais me encantei até hoje:

Parks: é um jogo que navega bem no conceito de “o que vale mais que o destino, é a jornada”. Nele, antes de chegar no ponto de descanso, é preciso definir o que fazer no meio do caminho. No meio de tanta beleza em cada detalhezinho, os 59 parques nacionais americanos que estão representados (e dão jus ao nome do jogo) são de fazer o queixo cair. Sério! Este jogo é de tirar o fôlego no quesito componentes e ilustração.

Fotos tiradas do Board Game Geek

JOGOS QUE NÃO É FÃ: como é a jogadora pacificadora na hora das famosas tretas, jogos que estimulam muita rivalidade não te atraem muito, não. Você gosta é de ver resolução das coisas e muita paz e harmonia durante a joga. E apesar de não ser muito sua praia por precisar que você escolha alguém para votar ou decidir quem é a traidora ou não, você se dá bem para caramba em jogos em que pode usar a lábia para se livrar de alguma coisa, como aqueles jogos de acusação – “Não fui eu, não! E vou te dizer o porquê…”. Ninguém nunca deve achar que você é a assassina, né, minha filha? Seguindo nessas duas linhas, indico jogos como Sabatoeur, Coup e The Resistance. Mas para aqueles librianas que estejam se sentindo mais fora de linha mesmo. 

Fotos tiradas da Ludopedia

Agora não precisa mais ter dúvidas, não é mesmo? Espero que tenha gostado.

E para o próximo mês, falaremos daquelas que estão ali, na espreita, só de olho esperando para ver o que virá no manual delas…as nossas queridas escorpianas!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s